Pular para a Navegação Principal
Mensagem da Liderança da Área

O convite do Salvador para nos achegarmos a Ele

Elder Hans T. Boom
Elder Hans T. Boom Setenta de Área

Após as batalhas finais do Livro de Mórmon e os anos em que Moróni vagueou sozinho pelo deserto, ele escreveu-nos as suas últimas palavras e exortou-nos a vir a Cristo. Quando leio as suas palavras e o seu testemunho, sei que ele aceitou este mesmo convite e esta decisão ajudou-o a superar as adversidades da sua vida.

A vida é repleta de incertezas, mas uma coisa é certa, todos somos convidados a vir a Cristo, independentemente de quem somos e das nossas circunstâncias. Os Seus braços estão estendidos e abertos a todos os filhos de Deus. Ele tem o poder de curar e de nos ajudar a realizar o que precisa ser realizado.

Podemos questionar-nos e perguntar: O que é que Ele pode fazer por mim e pela minha vida? Como é que eu posso atender a este convite?


A vida é repleta de incertezas, mas uma coisa é certa, todos somos convidados a vir a Cristo, independentemente de quem somos e das nossas circunstâncias.


O hino nº 75, “Mais Vontade Dá-me”[i] responde à pergunta, sobre o que é que Cristo pode fazer por nós, de uma maneira maravilhosa e resume as inúmeras coisas que Cristo está disposto a fazer para nos ajudar, caso nos acheguemos a Ele. 

Mais paciência, mais pureza, mais alegria ao servir, mais calma em pesares, mais propósito ao orar e muitas mais dádivas, caso nos acheguemos a Ele e confiemos que Ele nos pode ajudar.

A vida proporciona-nos muitas oportunidades e são imensas as decisões que têm de ser tomadas. Aprendi a colocar o Senhor em primeiro lugar em todas as decisões. Nem sempre compreendo as consequências de todas as decisões, mas sinto a paz que advém quando tomamos a decisão certa. 

A seguinte citação do Presidente Benson tem ajudado no meu processo de me achegar a Cristo e de entender que devo colocar a minha vontade nas Suas mãos.

“Quando a obediência deixa de ser irritante e se torna na nossa demanda, nesse momento Deus investe-nos de poder.”2         

Quando chegarmos à conclusão de que precisamos da Sua ajuda para superar os nossos desafios nesta vida, voltar-nos-emos para Ele com fé e obediência. Quando nos tornarmos como criancinhas, veremos o Seu poder nas nossas vidas e saberemos que Ele vive e pagou o preço por cada um de nós, para que pudéssemos voltar ao Pai Celestial e obter a vida eterna, que é a maior dádiva que podemos receber.

Durante umas férias de verão, a minha esposa e eu planeámos visitar a convenção dos JAS na República Checa e o Ramo de Görlitz que ficava a caminho. Seria uma longa viagem onde tínhamos de nos levantar cedo e viajar muitas horas num domingo de jejum. Decidimos não adiar o nosso jejum já que precisávamos da Sua ajuda e de bênçãos na nossa vida. Tínhamos acabado de comprar uma casa nova uma semana antes e ainda não conseguíramos vender a antiga. Estes assuntos pendentes causavam-me alguma ansiedade. O nosso plano era o de reduzir e simplificar agora que os nossos filhos já haviam saído de casa. Havíamos falado diversas vezes do nosso plano com o Pai Celestial e sentíamos que era a coisa certa. 

Quando regressámos, havia sido agendada uma visita de potenciais compradores à nossa casa. Esse casal comprou a nossa casa. Eles eram pessoas religiosas que também haviam orado por ajuda. Mais tarde, perguntámos-lhes o que é que os tinha levado a decidir comprar a nossa casa. Eles disseram-nos que tinham sido as gravuras de Cristo espalhadas pela nossa casa e uma citação em cima da porta que dizia: “Eu e a minha casa serviremos ao Senhor”.

Quando nos dirigimos a Ele, em humilde oração e jejum, em busca de ajuda para a nossa vida, recebemos testemunho após testemunho de que Jesus é o Cristo, que Ele vive e preparou o caminho de volta a casa para nós.



[i] Hino nº 75 Mais Vontade Dá-me

2 Ezra Taft Benson, citado por Donald L. Staheli na Ensign, Maio de 1998, Relatório da Conferência